logo Gusmão
Fale Conosco

(11) 3998-2020

Dicas para vidraçarias que querem investir em equipamentos para beneficiamento


Cerca de 80% das beneficiadoras atuais são oriundas de vidraçarias, que, seja pelo interesse em mudar o foco ou porque apenas queriam ter mais autonomia obtendo equipamentos para beneficiamento do vidro, acabaram fazendo esta transição. E o fato de já estar atuando no mercado facilita bastante este processo, tendo em vista que, além do conhecimento e experiência no setor, o investimento pode ser feito, com cautela e a adequação do negócio aos poucos.

 

Algumas optam por mudar o foco, outras em agregar e somar os produtos e serviços, tudo depende das condições de cada caso, de investimento, demanda na região, da capacidade de gestão e da meta de crescimento do empresário. É preciso antes de tudo estudar a demanda de sua área de atuação e fazer um planejamento com valores que pode investir e o período de tempo deste processo. Ter uma meta organizada e analisada é essencial para o sucesso da empreitada.

 

Em relação à estrutura é necessário ter espaço suficiente para colocar uma linha de produção em uma sequência lógica, aonde o vidro não fique dando voltas e demande o mínimo de manuseio com o mesmo. Quanto aos equipamentos, o essencial é mesa de corte, lapidadora, furadeira, lavadora e um forno.

 

O ideal é começar com todos os equipamentos básicos, porque senão você vai depender de alguém para processar uma parte da sua produção, e depois, se for do interesse e condições, ampliar para oferecer serviços diferenciados, que nem toda beneficiadora pode disponibilizar. Mas, se não for possível, é melhor crescer de forma estruturada, pois um “passo maior que a perna” pode colocar em risco seu negócio.    

 


Comentários